Hidromel Polonês: Jadwiga – Póltorak

Olá a todos! Bem vindos novamente. Seguindo com a degustação do último exemplar de hidromel polonês que pude botas as mãos hoje é o dia do Jadwiga um hidromel Póltorak feito, como os demais degustados até agora, dentro das regras de produção tradicionais polonesas.

Esse hidromel em especial foi uma grande experiência. Na primeira prova que fiz dele achei pesado, doce e enjoativo. Isso tudo ao ponto de achar que era apenas coisa para polonês… mas depois com calma (e essa coisa de experimentar novamente em outro momento aprendi com o mundo dos vinhos) fiz uma nova prova e tenho que dizer que me surpreendi demais com o poder desse hidromel.

Leia Mais…

III Concurso Estadual da ACervA Catarinense – Hidroméis!

IMG_6351Olá pessoal, posto para vocês algumas fotos da degustação das 7 amostras de hidromel do III Concurso Estadual da ACervA Catarinense e também alguns comentários.

O concurso foi realizado nos dias 30 e 31 de Agosto na cidade de Blumenau, foi organizado e promovido pela ACervA Catarinense.

A lista dos finalistas é a seguinte:

3A – Vienna Lager
Nenhuma amostra com nota superior a 30 (trinta) pontos Leia Mais…

Hidromel Polonês: Kurpiowski – Dwójniak

Kurpiowski – Dwójniak – Todo meu respeito!

Olá pessoal! Seguindo a minha sofrida tarefa de provar os hidroméis poloneses que consegui e tentar passar a impressão que os estilos provados nos dão, hoje vou falar do segundo dos três que tenho em minhas mãos. Seguindo a sequência da “nobreza” dos hidroméis o segundo de direito para a série é o Kurpiowski, outro hidromel da empresa Apis, este porém é um hidromel Dwójniak.

Cada vez que tomo um pouco desses hidroméis penso que tenho que tentar fazer uma receita dessas. Os estilos poloneses apesar de não serem minha preferência me agradam muito mesmo!

Leia Mais…

Hidromel Polonês: Piastowski – Trójniak

Trójniak, Poltorak e Dwojniak.

Olá a todos! Recentemente recebi de um amigo três garrafas de hidroméis poloneses e como sei que nem sempre temos essas belezinhas por aqui para nos deliciarmos resolvi descrever a degustação das crianças para vocês. Serão três posts, cada um falando sobre um dos hidroméis, o que pude tirar de características deles durante a degustação e falaremos também sobre o método de produção do estilo em questão.

Leia Mais…

Abelhas Nativas

Abelha-jatai

Abelha Jataí (Tetragonisca angustula)

Olá a todos! Vou inaugurar hoje no blog uma nova etapa. Apresento hoje para você o primeiro artigo de um autor convidado pelo Blog Pompéia Hidromeis. Como temos muitos leitores, hidromeleiros e amigos que tem conhecimentos específicos em determinadas áreas que não são de grande domínio da minha pessoa, nada mais justo que aprendermos todos, eu incluso, com essas pessoas. Hoje o primeiro artigo será do Henrique Nadolny Hertel e Marcelle Yumi Murai.

Bom proveito a todos!

Abelhas Nativas

Leia Mais…

Inscrições abertas para o Concurso da ACervA Catarinense!

Inscrições abertas para o Concurso da ACervA Catarinense! 

Abertas à partir de hoje as inscrições para o III Concurso Estadual de Cervejas Caseiras. Lembro a todos que temos também a categoria 26C liberada para inscrição nesse concurso. Então se tiver um hidromel que se encaixa na categoria aproveita para inscrevê-lo e quem sabe levar a melhor qualificação!

Tem dúvidas sobre como se increver: Acesse Aqui

Mais sobre a categoria de hidromel aberta para esse concurso: Acesse Aqui

Abraço e boa sorte a todos!

 

Remover CO2 do mosto? Sim sempre!

CO2 só no hidromel espumante!!!!

Olá a todos! Pesquisando algums novos métodos de fermentação para o hidromel, encontrei a informação, que depois foi cruzada, bateu com mais algumas fontes, e que, depois de devidamente testada se comprovou de extrema importância para avançarmos na qualidade da produção de nosso hidromel: A remoção do CO2 do mosto em fermentação.

Esse simples procedimento, junto com uma correta oxigenação e uma correta nutrição das leveduras faz com que tenhamos umas fermentação muito mais limpa e rápida. Limpa no sentido de ausência de off-flavors no mosto. E também foi constatado uma redução significativa no tempo total de fermentação, inclusive, mantendo a levedura bem ativa até o final do processo, o que mostra a saúda das mesmas. Lembre-se: levedura saudável e sem estress = você feliz.

Mas porque remover o CO2 constantemente do mosto?

Leia Mais…

Fermentação primária e secundária: Qual a diferença?

Fermentação em atividade!

Bem vindos hidromeleiros!! Cada vez que falo com mais pessoas sobre o tema sinto que ainda existe confusão sobre esse assunto que é de extrema importância para a produção de nossos néctares artesanais.

Fermentação secundária ainda é confundida com segunda fermentação ou é pensada como desnecessária, ou ainda, na pressa por terminar logo a clarificação acaba-se passando por cima dessa importante etapa e não é bem por aí.

Partindo do princípio: Fermentação primária.

Leia Mais…

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.237 outros seguidores