Sobre estes anúncios

Curso em BH – Viagem muito boa e turma super dedicada!

Capa-Curso-BHOlá pessoal, depois de uma longa pausa no blog, devido as preparações do material para o curso, estou de volta. E para aproveitar o retorno e o motivo da pausa, publico para vocês algumas fotos da primeira turma do curso de hidromel artesanal. O curso aconteceu no dia 25/10 em Belo Horizonte e a turma estava muito motivada e foi super participativa, aprendemos muito e demos algumas risadas. Além do que a capital mineira é um grande charme. Adorei conhecer muitas pessoas com as quais eu só tinha contato via internet e espero sinceramente voltar para BH nem que seja para tomar uns hidroméis com o pessoal e visitar o Rima dos Sabores (restaurante fantástico)!

Aproveitando, agradeço imensamente ao Bento do Lamas Brew Shop – BH (R. Conde de Linhares, 674, Cidade Jardim, (31) 3654-9982) por toda a ajuda antes e durante o curso. Agradeço também a deliciosa recepção do Juliano do Rima dos Sabores (Rua Esmeralda, 522 – Prado, (31) 3243-7120), lugar com os pratos mais criativos que já vi.

Seguem algumas fotos do curso:

Aprender a abrir a garrafa faz parte também!

IMG_6488

Galera atenciosa!

IMG_6494

IMG_6485 Aprender a sacar a rolha faz parte!

IMG_6496

Bento, o capitão do Lamas Brew Shop BH

IMG_6497

Eu com o Victor!


IMG_6498

Sobre estes anúncios

Hidromel: Ajustes Pós-Fermentação – II

Fazer o blend é uma arte!

Olá pessoal! E como prometido segue hoje a segunda parte do artigo escrito pelo Marcos Odebrecht Júnior. Aproveitem.

Aproximação

Nesta primeira etapa serão preparadas 4 (quatro) diluições que serão comparadas às amostras originais “A” e “B”, ou seja, serão necessários 6 (seis) copos. Sempre que possível tente utilizar copos iguais e identifica-los apropriadamente. Desta forma, cada copo receberá um total de 20 (vinte) partes de hidromel (ou outra bebida), sendo que 1 (uma) parte pode ser uma colher de sopa, por exemplo, ou qualquer outra medida que seja fácil de reproduzir.

Leia Mais…

Hidromel: Ajustes Pós-Fermentação – I

Analisar e estudar sua produção deve ser prioridade!

Olá pessoal. Recebi hoje um texto fantástico do meu amigo, produtor de cerveja e hidromel artesanal, juiz do BJCP de cervejas e hidromel, organizador de concursos e estudioso dos bebes que conhecemos: Marcos Odebrecht Júnior. Aproveitem esse texto muito rico e que pode render muitas melhorias para nossos hidroméis, é só termos comprometimento e dedicação. Bem vindo Marcos.

Hidromel: Ajustes Pós-Fermentação

Por: Marcos Odebrecht Júnior
marcos.odebrecht.jr@gmail.com

Leia Mais…

Curso de produção de hidromel.

Curso HM

O curso foi desenhado para quem não tem nenhuma experiência e para aqueles que já produzem mas querem avançar alguns degraus na sua produção. Seguindo o que será ensinado no curso você terá condições de fazer hidromel de maneira correta e com menor margem par erros! Participe!

Podemos abrir mais turmas caso tenhamos interessados pessoal. Não deixe de entrar em contato: felipe@pompeiahidromeis.com.

Como cuidar do seu Barril

10308026-image-of-the-old-oak-barrels-on-a-white-backgroundOlá a todos! Voltando a pesquisar algumas técnicas mais avançadas de produção de bebidas, não tem como não passar várias vezes pela utilização de madeira para o envelhecimento. E esse é um tema que nos oferece muitas, mas muitas possibilidades. Seja com o uso dos barris ou dornas para envelhecimento prolongado, tinas para fermentação ou ainda chips, lascas, ripas, espirais, cubos e toda uma variedade de formatos de pedaços de madeira colocados no tanque onde a bebida está fermentando ou maturando.

Leia Mais…

Como extrair aromas e sabores.

Extrato de Baunilha

Bem vindos meu caros! Em muitas oportunidades eu vejo o pessoal fazendo melomeis ou metheglyns e usando vários ingredientes diferentes no seu hidromel. A pergunta é: como você está adicionando esses sabores e aromas ao seu hidromel? Pergunto isso porque temos inúmeras maneiras de obter camadas e mais camadas de aromas e sabores para nosso néctar e temos sempre que descobrir qual a melhor delas para os ingredientes que pretendemos usar na nossa receita.

Mas não é só colocar o que queremos na primária ou na maturação e está resolvido? Não. Diferentes métodos de uso da planta/especiaria/erva vão render diferentes resultados. Porque não, então, testar mais de um deles para vermos as diferenças e assim aumentar nossa munição na hora de escolher o que usar no nosso hidromel?

Leia Mais…

III Concurso Paranaense de Cerveja Feita em Casa – Hidromel na lista!

Marca-AcervA-PR_site2Olá caros hidromeleiros. E os concursos com participação de hidromel não param! Nos dias 24 e 25 de outubro, será realizado o III Concurso Paranaense de Cerveja Feita em Casa. Serão aceitos todos os 23 estilos de cerveja e os todos os estilos de hidromel, contidos nas Diretrizes de Estilos do BJCP.

Qualquer cervejeiro caseiro membro da ACervA-PR, com a anuidade em dia, poderá enviar até 03 amostras, entre cervejas e hidroméis. A Festa de Premiação acontecerá no dia 25 de outubro.

Leia Mais…

Hidromel Polonês: Jadwiga – Póltorak

Olá a todos! Bem vindos novamente. Seguindo com a degustação do último exemplar de hidromel polonês que pude botas as mãos hoje é o dia do Jadwiga um hidromel Póltorak feito, como os demais degustados até agora, dentro das regras de produção tradicionais polonesas.

Esse hidromel em especial foi uma grande experiência. Na primeira prova que fiz dele achei pesado, doce e enjoativo. Isso tudo ao ponto de achar que era apenas coisa para polonês… mas depois com calma (e essa coisa de experimentar novamente em outro momento aprendi com o mundo dos vinhos) fiz uma nova prova e tenho que dizer que me surpreendi demais com o poder desse hidromel.

Leia Mais…

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.323 outros seguidores